Seguro de automóvel cobre rodas e pneus?

Seguro de automóvel cobre rodas e pneus?

Um dos mais importantes cuidados de manutenção com um automóvel que um motorista deve ter é o seguro de automóvel. Ele é uma ação de prevenção caso o veículo sofra algum tipo de sinistro, como um furto, acidente ou situação fora de controle.

Dito isso, é importante entender que o seguro de automóvel não cobre todas as partes de um carro. Por exemplo, será que ele cobre pneus e rodas? Isso é uma questão fundamental para um motorista, pois os pneus de um automóvel é uma parte essencial do veículo, além de serem muito visadas por criminosos para furtos.

Se você não sabe se um seguro de automóvel cobre ou não pneus e rodas, é hora de descobrir com o nosso artigo especial sobre o assunto. Confira.

Rodas e pneus são cobertos pelo Seguro de automóvel?

Sim, rodas e pneus são cobertos pelo seguro de automóvel. Entretanto, não são todas as operadoras que oferecem tal cobertura, nem são todos os sinistros que são protegidos nessas peças em específico. Trata-se de uma questão que depende do contrato e do pacote de cada seguro e de cada operadora.

A versão de pacotes de serviços para rodas e pneus mais comum em praticamente todas as operadoras costuma cobrir sinistros envolvendo furtos, danos por acidentes e roubos de carro. Por isso, é relativamente seguro afirmar que as operadoras oferecem as mesmas coberturas para rodas e pneus, ou seja: em caso de acidentes, furtos ou roubos, essas peças são protegidas.

Entretanto, como mencionado anteriormente, esse é o “básico”, o mais “comum”. Não é, de todo modo, uma regra obrigatória. É mais como uma tendência. Por isso, é claro que é possível encontrar operadoras ou planos que não ofereçam proteção contra danos em rodas e pneus. Por exemplo, existem muitos planos e serviços que só oferecem cobertura para danos a terceiros. Na prática, se algo acontecer com o seu carro, não há cobertura.

Para saber se o seu plano oferece essa cobertura específica, você deverá pegar o contrato assinado e verificar se a operadora paga por danos ao seu carro ou somente a terceiros. Depois disso, se ela cobrir danos ao seu veículo, verifique se a proteção cobre as rodas e os pneus.

Como funciona quando um seguro de automóvel cobre rodas e pneus?

O funcionamento de um seguro de automóveis para rodas e pneus funciona da seguinte maneira: o primeiro elemento a ser estabelecido é uma franquia, que é determinada em contrato. Digamos que seja R$ 1.500,00.

Essa franquia é o valor que você deverá pagar. Tudo que ultrapassar esse montante é quitado pela operadora. Por isso, somente danos acima da sua franquia são pagos pela empresa.

Suponhamos, apenas para fins de explicação, que você foi para a festa de aniversário de um sobrinho e estacionou o seu carro do lado de fora da casa do seu cunhado. Ao sair do evento à noite, você nota que as suas 4 rodas foram levadas por ladrões, uma vez que a rua é deserta e não tinha ninguém por perto.

O que fazer nesse caso? O primeiro passo é compreender se o seu seguro de automóvel cobre rodas e pneus e como ele funciona. Normalmente, existem duas alternativas para solucionar esse problema (que no nosso caso seria comprar pneus).

A primeira solução é pela indenização. Esse sistema é bem simples: a operadora de seguro vai até você e paga um valor pelos problemas que o seu veículo sofreu. No exemplo das rodas furtadas, ela pagaria um montante específico equivalente a um jogo com 4 rodas (desde que fique acima da franquia em contrato) e você irá até uma loja de pneus para comprar novas peças.

A segunda maneira, no entanto, é diferente: nela, você compra primeiro os pneus e depois recebe um reembolso do valor gasto, mas apenas se o valor ultrapassar a franquia.

Cobertura acessória para rodas e pneus

Se você esteve atento, deve ter percebido que há um problema em toda a situação: se é necessário que o dano ultrapasse o valor da franquia para a operadora agir, então é possível que, na prática, ela nunca aja em relação a pneus e rodas.

Vejamos, suponha que a sua franquia seja de R$ 1.500,00. Um jogo com 4 pneus novos não sai por isso. Nem de perto, na verdade. Portanto, a operadora nunca agiria, a não ser em caso de danos muito sérios ao veículo.

Para corrigir esse problema, existe a cobertura acessória, um extra que pode ser contratado junto com o seu seguro de automóvel. Esse extra determina uma franquia exclusiva para rodas e pneus, cujo valor é de 20% das rodas. Na prática, sempre que uma roda for danificada ou roubada, você ultrapassará a franquia. Assim, você sempre garantirá a ação da operadora.

E aí, gostou de aprender mais sobre seguros de automóvel e sua relação com rodas e pneus? Então deixe um comentário abaixo com a sua opinião sobre o assunto.

Deixe uma resposta